Star Alliance oferece equivalência para Fidelidade Vermelho e Black

No dia de hoje a Tam entrou oficialmente na aliança Oneworld, tendo ontem deixado de fazer parte da Star Alliance.

A antiga aliança não ficou de braços cruzados e quer reter os membros elite da Tam. Para isso lançou uma promoção de equivalência de status (status match) para os portadores dos cartões Vermelho e Black do Fidelidade.

As cias da Star Alliance que participam da promoção são as seguintes: Air Canada, Air China, Air New Zealand, Copa Airlines, Etiopian, Scandinavian Airlines, South African Airways, TAP, Turkish Airlines, United.

Se você ainda não está inscrito nesses programas deve fazê-lo antes de iniciar o processo. Basta clicar em cima do nome da cia na qual deseja associar-se e preencher o respectivo formulário.

Caso não tenha um programa que já utiliza ou tem preferência recomendo associar-se na Turkish, eis que pelas regras do programa da cia turca o novo status terá validade por dois anos.

Vencida a etapa de associação (se necessária) basta tirar uma foto do seu cartão do Fidelidade Vermelho ou Black e preencher o formulário na página da promoção.

Pronto! Você continuará a desfrutar o status Gold (máximo) na Star Alliance e não perde o status que já tem na Tam (e por consequência na Oneworld).

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Qantas anuncia mudanças no programa de fidelidade

Quando eu postei aqui sobre as  mudanças no Skymiles do Delta, que vai tornar o programa em revenue based (o acúmulo de milhas depende do gasto com as passagens) alertei que “(…) a mudança em uma cia deste porte pode indicar uma tendência para as demais que seria um desastre para todos nós. É aguardar pra ver”.

Pois é exatamente o que está acontecendo: a australiana Qantas acaba de anunciar que a partir de 1o. de Julho efetuará mudanças em seu programa para torná-lo revenue based.

Num comunicado confuso (já que ninguém gostar de dizer que más notícias são más notícias) ela informa basicamente que o número de milhas que você vai acumular dependerá da tarifa que você pagar.

A única notícia boa é que, por enquanto, não haverá alteração na tabela de milhas da Qantas.

Vou repetir: o problema não são as mudanças no programa da Qantas, já que ele é muito pouco difundido por aqui, mas sim que o precedente que ele estabelece indica uma tendência de mercado que é péssima para todos nós. Podem apostar que mais cias aéreas vão seguir a Delta e a Qantas.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Parceria do Multiplus com Tripadvisor tem mudanças

Atualizado em 07/05/2014, às 11:30

Leia também a minha análise completa sobre as novas regras clicando aqui.

Eu já comentei aqui sobre a parceria entre o Tripadvisor e o Multiplus, onde suas avaliações no primeiro valem pontos no segundo.

A regra para ganhar os pontos era simples: uma a cada três avaliações tinha que ser de um hotel e a cada três você ganhava 300 pontos no Multiplus com um teto de 1.200 pontos (12 avaliações) por mês.

A partir de 1o. de Abril a regra vai mudar e aparentemente ficar melhor pior, olhem os termos do e-mail que eles enviaram:

  • Será possível acumular até 1.500 pontos por mês, mas o valor de cada avaliação vai cair: hotéis valem 50 pontos e outras atrações apenas 10 pontos;
  • Os pontos serão creditados a cada avaliação publicada (antes só ao completar três avaliações);
  • Não será mais necessário que as avaliações sejam sobre hotéis;
  • As avaliações terão pontuação diferente (suspeito que as de hotéis valerão mais pontos).

Achei as mudanças positivas e a parceria continua sendo uma ótima oportunidade de acumular uns pontos extra sem grande esforço. Faça a conta: 1.500 pontos por mês são 18.000 pontos por ano, nada mal, hein?

Quanto comentei que as mudanças eram positivas eles ainda não haviam liberado os detalhes da mudança, mas a diminuição da pontuação praticamente anula o valor da parceria pelo tempo que se gasta fazendo o número de avaliações até chegar aos 1.500 pontos. Pena que tenha sido assim.

Mas se animar, o link pra começar é esse aqui.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Skymiles oferece milhas grátis para novos membros

O programa da Delta não é lá grandes coisas e vai piorar muito no ano que vem como já comentei aqui. Mas milhas grátis são sempre bem vindas então resolvi divulgar a oferta.

Ela é direcionada para os consumidores da Hertz em Seattle mas até onde eu li não há nenhum empecilho para que qualquer um participe da oferta.

A mecânica da promoção é simples: novos membros do Skymiles  (que não tenham sido membros nos últimos seis meses) ganham 1000 milhas ao se inscrever no programa. As milhas serão creditadas entre 4 e 6 semanas.

Interessou? Clica aqui.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Ibéria libera o uso de eletrônicos a bordo

Seguindo as cias americanas que liberaram o uso de eletrônicos em todas as fases do voo no final do ano passado, a Ibéria acaba de anunciar que já está permitindo o mesmo.

Desde que seu aparelho tenha modo avião você pode utilizá-lo no taxiamento, decolagem e aterrisagem.

O anúncio diz ainda que os passageiros das classes econômicas e executiva vão poder em breve desfrutar de wifi a bordo. Segundo o cronograma até o final de 2015 todos os Airbus A340-600 e A330-300 (aeronaves de longo curso) terão internet a bordo.

E a gente aqui assistindo a tudo isso se perguntando se algum dia chega no Brasil…

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Alitalia lança promoção para compra e uso de milhas

Já falei aqui algumas vezes que a Alitalia enfrenta sérias dificuldades financeiras e está procurando investidores para se manter no ar. A despeito disso os relatos que tenho lido sobre o serviço são animadores.
Por conta desses problemas nunca mandei nenhuma milha para o Mille Miglia, programa de fidelidade da cia italiana, mesmo sendo possível transferir do American Express na proporção 1=1.
Se você precisar completar o saldo a Alitalia está com uma promoção para a compra de milhas. Até 31 de março as compras serão bonificadas da seguinte forma:
  • Entre 1.000-4.000 milhas = sem bônus;
  • Entre 5.000-9.000 milhas = 25% bônus;
  • Entre 10.000-29.000 milhas = 35% bônus;
  • Entre 30.000-39.000 milhas = 45% bônus;
  • Comprando 40.000 milhas = 50% bônus.
Mas lembre-se que não mais que 75% do total necessário para uma viagem prêmio podem vir de milhas compradas.

A segunda promoção é a de milhas reduzidas: se você tiver interessado em reservar voos com metade da milhagem necessária (tanto one way como ida e volta) deve ligar para a central de relacionamento do Mille Miglia até 31 de março (telefone: +39 06 65649 – use o skype). Os voos devem ocorrer até 15 de abril. E a promoção só vale para voos na classe econômica.

Vou ficar só nos exemplos mais próximos a nós: Rio/SP-Roma (ida e volta) sai por apenas 40.000 milhas (normalmente 80.000). Se for só a ida ou a volta: 24.000 milhas (normalmente 48.000).
São valores excepcionais, mas antes de se empolgar e mandar suas milhas pro Mille Miglia, consulte a disponibilidade de voos para as datas desejadas.
Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Quer um voucher de 20 euros para usar na Air Berlin?

Pessoal, acabo de receber dois vouchers de 20 euros de desconto cada para usar na Air Berlin, cortesia da Heinemann (empresa de duty free).

Eles são aplicáveis a todos os voos do grupo Air Berlin e devem ser utilizados até 6 de abril. A viagem deve ocorrer entre 26/4 e 30/6.

Como eu não vou ter utilidade para eles, resolvi postar aqui para que alguém possa usá-los. Se tiver interesse deixe seu comentário neste post com uma forma de contato que eu passo os detalhes de como proceder.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Dufry Brasil lança novo programa de relacionamento

A Dufry Brasil administra os free shops de aeroportos brasileiros e faz parte de um conglomerado mundial com mais de 1350 lojas em mais de 45 países, espalhadas por aeroportos , portos e estações de trem.

Hoje recebi um e-mail contendo o seguinte convite:

Conheça o novo programa de Realacionamento da Dufry.

Trata-se do lançamento de um novo programa de relacionamento, o Dufry Red, que tem os seguintes benefícios:

  • 10% de desconto em compras acima de U$ 300 nas lojas de embarque;
  • 10% de desconto em compras acima de U$ 400 nas lojas de desembarque;
  • Receber em casa trimestralmente a revista Dufry World;
  • 15% de desconto na locação de veículos nos EUA, Europa, Canadá, América Latina e Caribe pela Hertz;
  • Descontos em seguros de viagens pela MAPFRE.

De todos benefícios o único que me chama atenção é o desconto nas compras feitas no embarque e desembarque. Apesar do free shop brasileiro ser mais caro que outros congêneres, a facilidade de estar no Brasil e ainda ter uma cota extra são vantagens consideráveis, principalmente em itens pesados como bebidas.

Não ficou claro se o desconto aplica-se nas compras reservadas pela internet, que podem ter descontos de até 10%.

O anúncio parece ser direcionado, mas se você quiser tentar, o link para o cadastro é esse aqui. Depois contem aqui se deu certo.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Le Club anuncia o fim dos vouchers em dólares

Como vocês já devem ter percebido, sou um grande fã do programa Le Club da rede de hotéis Accor. Uma das razões é a facilidade que se tem em converter pontos em vouchers que podem ser utilizados para pagar a sua estadia (e o que mais estiver na conta do seu quarto).

Este tipo de pagamento tem o mesmo valor que pagar pela estadia com dinheiro, por isso o valor gasto ainda gera novos pontos no Le Club.

Até agora era possível transformar 2.000 pontos Le Club em um voucher de 40 Euros ou um voucher de 60 dólares. Dependendo do destino e da cotação entre as moedas você fazia a opção mais favorável. Para a Argentina, por exemplo, sempre utilizei vouchers em dólares.

Infelizmente a partir de 26 de março os vouchers serão emitidos somente em Euros.

Então marque esta data: 25 de março, último dia para emitir vouchers em dólares no Le Club, lembrando que os mesmos tem validade de seis meses a partir da data de emissão.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Viagem à Europa

Como eu já adiantei aqui estou com as malas prontas (no sentido figurado, já que obviamente não arrumei nada ainda) para viajar para a Europa.

Dividi com vocês naquele post minha dúvida a respeito de trocar minha passagem na primeira classe da British Airways em voo non-stop pela executiva da Ibéria com conexão em Madrid (economizando assim 50.000 avios).

Acabei optando por trocar, pois além de ser uma bela economia (com 50.000 avios dá para tirar outra passagem one-way na executiva para Europa), eu nunca voei na executiva da Ibéria. Então em breve teremos aqui um relato em primeira mão da tão criticada Ibéria.

Minha primeira questão foi saber se o avião que faria o trecho entre São Paulo teria os novos interiores ou não. A Ibéria está em processo de renovação dos A340-600. Para saber se o seu avião é o novo ou o antigo, basta olhar o mapa de assentos. Se a configuração for 1-2-1 é a nova. Se for 2-2-2 a antiga.

No ato da reserva o mapa indicava que seria a executiva antiga. Mas pesquisando vi que a aeronave que faz a rota muda bastante.

Entrei em contato com o time da Ibéria no twitter (@Iberia e @IberiaBR_PT) em 14/2 e me pediram pra retornar o contato com três dias de antecedência. Anteontem refiz a pergunta e novamente pediram para que eu retornasse um dia antes. Bom, um dia antes foi ontem. Fiz o contato e me mandaram pesquisar em chegadas e partidas na página deles.

Apesar da resposta sempre ter sido rápida, achei falho o atendimento não responder à uma simples pergunta um dia antes do voo.

De todo modo parece que será a executiva antiga mesmo, o que é uma pena porque ela vai desaparecer em alguns meses, ou seja, meu review não será muito útil quanto ao hard product mas acho que ainda será relevante quanto ao serviço (tanto de terra como de bordo) – grande crítica de muitos.

O mapa da ida será o seguinte:

map

Com a parada em Madrid poderei também visitar algumas salas vip nos Terminais 4 e 4S de Barajas. E acredito que também será possível conhecer o Arrivals Lounge da British no Terminal 5 de Heathrow.

A volta emiti utilizando milhas do Smiles para voar na executiva da Air France (52.500 milhas), com parada no Rio para visitar alguns familiares:

map

Aqui seria impossível voar com a novíssima executiva, já que a renovação só começa a partir da metade deste ano. Até aí tudo certo, não fosse o simples fato de que até agora o Smiles não me avisou que meu voo mudou.

Eu reservei assento no voo AF-444 que parte de Paris às 10:30 e chega ao Rio 18:30. Fui checar a reserva alguns dias depois no site da Air France e vi que estava com reserva para o voo AF-442 que parte de Paris no mesmo dia às 23:20, chegando no Rio às 06:45 do dia seguinte.

Eu achei a mudança ótima, pois prefiro voos noturnos aos diurnos e ao invés de voar num 777 voarei no meu estimado 747. Mas é um absurdo eu descobrir isso por conta própria. Custa avisar, Smiles? E se eu tivesse conexão ou planos? E pior, imaginem viajar sem saber da mudança, acordar cedíssimo, ir para o aeroporto só pra descobrir que seu voo não vai sair pelas próximas 13 horas. Simplesmente inaceitável.

Por fim, vai ser minha primeira viagem como Oneworld Emerald e Elite Plus no Skyteam e quero ver no que isso se refletirá para contar para vocês as diferenças.

Bom gente era isso, pelos próximos dias estarei menos presente aqui mas mantendo contato no twitter (@areadeemb) e instagram (@areadeemb). Até a volta!

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto direito superior ou aqui embaixo).