Smiles tem executiva a partir de 65.000 milhas para Europa e EUA

smiles2

Na interminável promoção 365 motivos para sorrir que comemora os 20 anos do Smiles, dois se destacam: o de hoje é que a passagem na classe executiva da Delta e Aerolíneas para os Estados Unidos está custando a partir de 65.000 milhas o trecho (frente aos 85.000 normalmente cobrados) e 80.000 milhas o trecho na Copa (compare com 100.000). Além disso há outra promoção vigente para a Europa, onde as passagens na executiva também saem por 65.000 milhas o trecho na Alitalia e 80.000 o trecho na TAP.

Como o Smiles tem feito seguidas promoções de envio de milhas bonificado e compra de milhas por preços reduzidos estas promoções podem ser ainda melhores, razão pela qual vale a pena investigar se existe disponibilidade de bilhete nas datas desejadas. É a boa e velha pescaria do Smiles.

Mas não deixa de ser interessante ver que o Smiles cobra mais de quem vai voar em produtos inferiores, falando especificamente do “hard product”. A classe executiva da Delta tem poltronas que reclinam 180 graus e todos os assentos tem acesso direto ao corredor. Além disso utiliza aviões de fuselagem larga, mais estáveis e confortáveis, que fazem o trajeto Brasil-EUA de forma direta. É muito superior ao que oferece a Copa, que tem poltronas que reclinam pouco, voa exclusivamente com aviões de fuselagem curta (Boeing 737), o que obriga a uma parada técnica no aeroporto do Panamá.

Uma comparação interessante seria entre a Copa e Aerolíneas Argentinas. É bem verdade que a empresa hermana voa com aviões de fuselagem larga (Aribus A330 e A340) e vem substituindo os mais velhos por aeronaves novas, mas as antigas tem interior bem antigo. A viagem é direta, mas os brasileiros obrigatoriamente tem que fazer uma escala em Buenos Aires o que acaba aumentando o tempo de viagem (quando não exige um pernoite). Apesar disso gostei bastante dos voos que fiz com eles no trecho Buenos Aires – Miami – Buenos Aires. Diria que nesta comparação há um empate técnico, não havendo razão que não comercial para se cobrar a mais pela passagem na Copa.

Já na comparação Alitalia x TAP a disputa é um pouco mais acirrada. Se o seu destino não for Roma ou Lisboa, certamente terá que fazer escala nestas cidades o que não é nenhum problema, convenhamos. Ambas utilizam aeronaves de fuselagem larga que permitem voos mais tranquilos. Mas a Alitalia leva a melhor por oferecer aquilo que é o principal diferencial de qualquer classe executiva: conforto. Poltronas que reclinam 180 graus permitem uma boa noite de sono e é isso que oferece a cia italiana. Já a portuguesa tem poltronas que reclinam pouco. Vantagem clara pra turma da pizza.

Mas como se trata de uma pescaria, você muitas vezes não vai ter escolha. Vai optar por aquilo que estiver disponível nas datas que melhor se encaixam ao seu cronograma, ainda que isso signifique pagar mais por um produto inferior.

Quer saber mais?

Motivo 290: EUA na executiva a partir de 65.000 milhas o trecho – clique aqui.

Motivo 283: Europa na executiva a partir de 65.000 milhas o trecho – clique aqui.

Gostou do post? Quer ser o primeiro a receber as novidades, dicas e promoções? Assine o blog: no desktop e no Ipad é no canto esquerdo e lá embaixo e no Iphone somente no rodapé. Basta inserir seu e-mail para cadastrar-se e receber sempre tudo em primeira mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *