Gol estuda ampliar parceria com KLM/Air France

delta-sky-deck-jfk-new-600

No belo terraço do Delta Sky Club de Nova Iorque o chefe de alianças da Gol, Ciro Camargo, concedeu entrevista ao Jornal Brasilturis onde confirmou que a Gol deseja estabelecer com a Air France/KLM a mesma integração que possui com a Delta.

Como tem bastante coisa interessante na conversa, resolvi transcrever aqui, mas se você quiser pode ler diretamente na fonte, clicando aqui.

A Delta adquiriu 3% da GOL e ampliou o code-share para uma estrutura mais ampla em Brasil e EUA. Podemos esperar lado semelhante com Air France/KLM que adquiriu 1,5% da empresa?

Ainda está em análise do Cade, para o desenvolvimento do sistema para Europa, mas temos interesse em criar uma parceria estratégica no mesmo nível de sofisticação que temos hoje com a Delta.

Qual é a expectativa para a operação europeia?

Muito boa. Se olharmos hoje em dia para as companhias aéreas, é muito raro um caso em que uma empresa consegue ser boa em tudo. Você tem a aviação regional, doméstica e internacional. Combinar esses três segmentos é algo muito complicado no transporte aéreo. E o que a GOL deseja? Ser muito boa com voos domésticos e pan-regionais por América do Sul, EUA e Caribe – e que não conflitam com as operações com nossos Boeings 737. Para o resto das operações, nosso maior desejo é que tudo seja feito com parceiros estratégicos. Nos EUA, temos a Delta. E agora, na Europa, após aprovação no Cade, quem pode cuidar desse corredor para nós é o grupo Air France/KLM.

No Caribe, como funciona o apoio da Delta na operação na Republica dominicana?

As vendas da GOL na República Dominicana são realizadas pela equipe comercial da Delta e com nosso code-share. Temos o primeiro voo para Punta cana, mas o que é muito importante na ajuda da Delta são com os voos de São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, que se encontram em Santo Domingo e, de lá, seguem para Orlando ou para Miami.

São então mais estratégicos para os destinos da Flórida?

Exatamente. Os nossos 737 não conseguem viajar diretamente para os EUA. Então precisam parar em algum ponto intermediário para um pouso técnico. Mas, nesse caso, Santo Domingo é também um destino interessante para ser vendido. E isso fazemos com a Delta, por ser um voo em code-share. Os americanos da Flórida podem comprar através dela o destino Santo Domingo que é então operado pela GOL. Eles compram a passagem pelo site da Delta, um voo com o número da companhia americana, mas que é operado pela GOL.

Como está a aceitação dos dois públicos – americano  e brasileiro?

Muito boa. Essa operação é muito importante para nosso cliente do programa de fidelidade. Tem uma demanda muito grande de nosso cartão Smile para resgate de milhas para esses voos. Além disso, há maior utilização da aeronave, diminuindo os custos. E a operação nosajuda a consolidar essa parceria com a Delta. Tendo um apoio da segunda maior empresa aérea dos EUA, temos grande visibilidade. E essa visibilidade é fundamental para a Gol.

Em que nível chega essa operação conjunta com a Delta?

Com essa troca de experiências com a Delta, trabalhamos pela harmonização das malhas porque conseguimos sincronizar melhor os voos e também podemos vender os voos da Delta como fossem da Gol; ou seja, entrando no nosso sistema, o passageiro verá voos para Atlanta da GOL, que são operados na realidade pela americana. Isso traz de novo uma visibilidade muito grande de nosso “footprint” internacional porque a Gol quer continuar especialista naquilo que sempre fez muito bem – operar o Boeing 737.

Qualquer coisa além disso, foge ao nosso interesse, como os voos maiores. O que interessa para a GOL nesses voos de longo curso é que eles possam ser feitos com apoio de um parceiro estratégico. E a questão dos voos mais longos, não é só a aeronave, mas também os serviços. A Delta tem um tipo de serviços de excelente padrão, com reconhecimento internacional, que é do gosto do brasileiro, que é o tipo de serviço que ela gostaria de oferecer se operasse o longo percurso por conta própria.

E no Brasil, onde se reflete essa parceria de sucesso?

Do Brasil para os EUA, a Delta usa os Boeing 767-300 e 767-400 – Rio, Brasília e São Paulo. Voavam antes com os 757 e mudaram para 767 porque aumentou o número de passageiros justamente por causa de nossa parceria, e especialmente em Brasília. Lá, há uma demanda muito grande é hoje o aeroporto com o segundo maior movimento do Brasil. E se lá as conexões são boas, conseguimos direcionar mais passageiros para os voos para os EUA. Nossos departamentos de planejamento estão trabalhando juntos para facilitar as conexões em Brasília e esse trabalho tem sido tão bom que recentemente a Delta mudou para o 767, que traz esse diferencial que é a poltrona-cama flat-bed – um produto recente e muito bem aceito. E quando fazemos o nosso trabalho comercial conjunto, há um apelo muito grande nas contas corporativas. Portanto, é uma combinação do serviço incomparável da Delta, da cobertura da GOL e dos programas de milhas. A harmonização dessas três frentes para o público corporativo tem um apelo muito grande.

A parceria é interessante para a Gol na medida que aumenta suas receitas em dólar, moeda onde estão boa parte de seus gastos (com leasing de aeronaves e combustível aeronáutico, por exemplo) e para a Air France/KLM que pode receber passageiros de todas as cidades atendidas pela Gol para encher seus voos internacionais.

Quer receber este e outros posts em primeira mão? Ser o primeiro a saber das dicas e promoções? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France e KLM mudam hoje para o TPS3 de Guarulhos

Terminal 3 - Guarulhos
Terminal 3 – Guarulhos

A partir de hoje a Air France e a KLM passam a operar no Terminal 3 de Guarulhos.

A cia francesa conta com dois voos diários partindo de São Paulo para Paris (AF-457 e AF-459). Já a holandesa conta apenas com um voo diário para Amsterdam (KL-792).

Todos os procedimentos de embarque e desembarque de ambas passam a ser realizados no setor G do TPS3, onde também funcionará o balcão de atendimento entre 12:30 e 18:15.

Os passageiros viajando na La Première (primeira classe), Executiva, com status Elite Plus no Skyteam e Gold e Platinum do Flying Blue serão recepcionados na sala vip business e first class administradas pela concessionária GRU Airport. Elas estão localizadas na área restrita, logo após o raio-x, no mezanino.

Passageiros que desembarcam em Guarulhos e tem conexão doméstica com a Gol poderão redespachar suas bagagens no próprio TPS3 antes de seguir para embarque no TPS2.

Leia o comunicado da Air France e da KLM clicando em cima do nome.

Com tantas cias migrando para o novo terminal é sempre bom conferir de onde parte o seu voo para não se complicar na hora. Você pode checar no próprio site da GRU Airport.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France tem promoção no twitter para sortear duas passagens a Paris

A filial americana da Air France está com uma promoção em seu twitter (@AirFranceUS) para divulgar o Air France Expo, exposição celebrando os 80 anos da companhia francesa que acontecerá em Nova Iorque de 26 a 28 de Junho.

O esquema é mega simples: basta seguir o perfil americano da Air France e retuitar os seguintes tuítes nas seguintes datas:

20/06: #Retweet to #win round-trip tickets to Paris! The #AirFranceExpo is coming to
NYC. Full rules: http://bit.ly/AFRTgame + Picture

23/06: #Retweet to #win round-trip tickets to Paris! Thursday the #AirFranceExpo is in
NYC. Full rules: http://bit.ly/AFRTgame + Picture

26/06: #Retweet to #win round-trip tickets to Paris! The #AirFranceExpo is now in
NYC. Full rules: http://bit.ly/AFRTgame + Picture

Não é necessário retuitar todos os tuítes, mas isso aumenta as chances de ganhar o sorteio. O prêmio? Duas passagens ida e volta dos Estados Unidos a Paris.

Sim, o prêmio não é saindo do Brasil. Mas avaliei a conveniência de postar sobre a promoção por dois ângulos: tenho notado muitos acessos vindos dos Estados Unidos e presumo que sejam de compatriotas desterrados (alô, brasileirada da terra do Tio Sam!) e também a extrema facilidade de participar deste sorteio (do tipo: não custa nada arriscar).

Vai que você ganha e depois consegue desenrolar a questão com a Air France para trocar por um voo saindo do Brasil? Ah, e as regras da promoção não excluem a participação de não-americanos.

Última coisa: não vale retuitar e apagar depois: segundo as regras isso anula a participação. O sorteio será em 30 de junho de 2014 e o vencedor será informado pelo twitter.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France lança menu a la carte na classe econômica

Air France logo

Que as cias aéreas vem buscando novas maneiras de monetizar seus serviços não é novidade pra ninguém, certo? Seguindo essa tendência a Air France lançou uma nova opção nos voos de longo curso que partem de Paris (CDG e ORY): os passageiros da classe econômica podem agora optar por quatro opções pagas no serviço chamado “cardápio a la carte”.

Funciona assim: entre 90 dias e 24 horas antes do voo você entra na página da sua reserva e escolhe um destas quatro opções:

  • Refeição Tradicional: destaca a culinária francesa – 18 €;

  • Refeição LENÔTRE: elaborada pela prestigiosa Maison Lenôtre. 28 €;

  • Menu Itália: receitas tradicionais italianas. 12€;
  • Menu Océan: baseado nos frutos do mar. 15€. 

Vejam o vídeo de lançamento:

É bom lembrar que o menu é opcional e a Air France continua servindo refeições gratuitas nestes voos. Gostei da ideia, é sempre bom ter opções.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France tem bilhetes-prêmio com 50% de desconto em Agosto e Setembro

Ontem eu falei aqui do concurso que está rolando do Flying Blue, onde as fotos mais bonitas vão virar etiquetas de bagagem do programa e os seus autores ganhar prêmios. E hoje eu continuo falando sobre o programa, até como incentivo para que vocês olhem as opções que seus bancos e cartões de crédito disponibilizam. Existe vida além dos programas de fidelidade nacionais =)

Um dos melhores usos das milhas do Flying Blue (programa de fidelidade da Air France / KLM) está na reserva dos bilhetes “promo-awards” que eles publicam a cada dois meses, oferecendo descontos de 25-50% sobre os preços normais dos bilhetes prêmio.

Os descontos divulgados agora são para reservas até 31 de Junho e viagens entre 1o. e 30 de Setembro deste ano. E desta vez fomos contemplados com um trecho dentro da promoção (Brasília-Paris):

AF-BSB-CDG

São valores excelentes e há bastante disponibilidade. Vejam a procura por assentos na econômica no trecho Brasília-Paris (trechos em verde estão com valor promocional):

Ida-eco

Notem que apesar da promoção ser limitada ao mês de Setembro, há disponibilidade também em Agosto, então é bom procurar em outras datas. Há disponibilidade em todas quartas e quase todas as sextas (exceto 26/09).

Agora vamos ver como está a volta?

Volta-eco

Um pouco mais limitada, com disponibilidade nos dias 17, 22, 24, 26 e 29 de Setembro.

A disponibilidade é bastante boa na Premium Economy, tanto na ida:

Ida-prem-eco

Como na volta:

Volta-prem_eco

Por fim também há assentos na Business na ida:

Ida-biz

E na volta:

Volta-biz

Vale lembrar que a Tam cobra por trecho Brasil-Europa 40.000, 55.000 e 100.000 milhas para Econômica, Econômica Premium e Executiva respectivamente.

Já o Smiles cobra até 30 de Julho (quando muda de tabela) 35.000 e 52.500 milhas para os bilhetes na econômica e executiva respectivamente e passará a cobrar 85.000 milhas o trecho da executiva (a econômica permanece com o preço atual).

Comparando vemos que os valores promocionais da Air France são bem menores: 20.000, 40.000 e 50.000 milhas para Econômica, Econômica Premium e Executiva respectivamente. Ainda que restrita ao final de Agosto e mês de Setembro é uma ótima promoção.

Existem ainda outros trechos dentro da promoção que você pode ver aqui.

No Brasil, que eu saiba, só os cartões American Express transferem pontos para o Flying Blue na proporção 1=1.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Flying Blue lança concurso para dar status Platinum e 200.000 milhas

O Flying Blue, programa de fidelidade da Air France e KLM, acaba de lançar um concurso chamado  “Flying View” que vai premiar os três vencedores com o status Platinum no programa válido por ano e 200.000 milhas.

Você pode participar até 9 de Julho de duas formas: postando uma foto interessante no Instagram com a #flyingview ou postando a foto direto no site da promoção.

As três melhores fotos serão escolhidas por um juri profissional e serão usadas pelo Flying Blue nas  milhares de etiquetas de bagagem que o programa distribui ao longo de um ano.

Os participantes devem ser maiores de 18 anos e assegurar que a foto enviada é de sua autoria e propriedade.

Quer participar? O site da promoção é esse aqui.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Trip Report: Ibéria e Air France Business Class – Voo Air France 442 – CDG/GIG

747 da Air France na chegada no Galeão
747 da Air France na chegada no Galeão

Quando surgiu a ideia desta viagem para Europa meu primeiro pensamento foi voar com o Jumbo tanto na ida como na volta, aproveitando o gancho de que ele está sendo descontinuado na maioria das cias aéreas. Estava tudo certo, já que a British Airways usa um 747 na rota GRU-LHR. Como optei por mudar para o voo da Ibéria acabei indo de Airbus A340-600. Então eu estava mais ansioso que o normal para o voo da volta, já que a Air France utiliza o  majestoso 747 na rota entre Rio e Paris. Este é o décimo sexto post deste trip report:

1. Introdução
2. Check-in Ibéria GRU
3. Admirals Club GRU
4. Sala vip Smiles GRU
5. Sala Mastercard Black GRU
6. Sala vip Proair GRU
7. Voo Ibéria 6824 – GRU/MAD
8. Sala Vip Velázquez MAD
9. Voo Ibéria 3160 – MAD-LHR
10. Galleries Arrivals Lounge LHR
11. Eurostar
12. Astoria 7 Hotel San Sebastián
13. Novotel Bordeaux Centre Meriadeck
14. Intercontinental Paris Le Grand
15. Air France Vip Lounge CDG

Ibéria Voo AF-442
Paris (CDG) – Rio de Janeiro (GIG)
Quinta, 27 de março de 2014
Partida: 23:20
Chegada: 06:45
Duração: 11h06min
Milhas: 5.691
Aeronave: Boeing 747-400
Assento: 1B (Classe Executiva)

map

O caminho do lounge até o portão 30 foi longo, já que este é o último portão do terminal 2E à esquerda:

DSCN1003No caminho me deparei com este Playstation 3 à disposição dos passageiros – ótima ideia para entreter as crianças (pequenas e grandes):

DSCN1004Acha que chegou? Não, falta um pouquinho ainda. É lá no fundo:

DSCN1005Quando cheguei havia fila para os passageiros com prioridade:

DSCN1006Enquanto esperava reparei pela primeira vez que existem essas cadeiras para quem quiser ficar apreciando o pátio de aeronaves: 
DSCN1008Como vocês podem ver ainda tinha um bom trecho de caminhada, primeiro até o fim do primeiro corredor (descendo), depois o caminho inverso (descendo mais ainda):
DSCN1010Ali se inicia o finger propriamente dito e já era possível ver o avião que me levaria de volta ao Brasil:

DSCN1012 DSCN1013Na porta virei à esquerda direto, esquecendo completamente de tirar a foto da cabine econômica, mas a configuração desta classe é 3-4-3. É possível, inclusive, viajar no andar de cima já que ele é todo ocupado pela econômica.

DSCN1014Já a classe executiva (este avião só tem duas classes) está dividida em duas mini-cabines: a primeira que fica no bico do avião (fileiras 1-4) e a segunda ficando logo atrás da galley (fileiras 5-8). Óbvio que optei pela primeira:

DSCN1015Aqui a Air France começou a mostrar competência: logo que cheguei o gentil comissário (brasileiro) ofereceu para guardar meu casaco (há um armário no meio da primeira fileira).

Logo em seguida foram oferecidos suco e Champagne (Jacquart Millesimé 2008). Vamos ver se vocês já me conhecem? Qual foi a minha opção? Suco de caixinha ou um belo Champagne? =)

IMG_8016Tirando as fotos da cabine ajudei a um casal que voltava de lua de mel a tirar fotos deles e percebi que o meu colega de voo (poltrona 1A) seria uma legítima mala. Cumprimentei e ele fingiu que não ouviu, fez cara feia de eu tirar fotos da cabine (não tirei fotos dele)…long flight ahead buddy.

Ignorei por completo a cara feia (que pra mim é fome) e continuei o tour pela cabine. Achei simpático eles oferecerem, além de jornais e revistas franceses O Globo:

DSCN1023Tirei essas fotos dos assentos 4A e 4B para vocês terem uma ideia de como eram as poltronas:

DSCN1016 DSCN1017 DSCN1018DSCN1019DSCN1024DSCN1025O meu assento (1B) não tinha o apoio para o pé, já que ficava na primeira fileira. Em compensação o espaço era pra lá de generoso:

DSCN1026

Além da teve na parede (que mostrou o mapa do voo o tempo inteiro) cada assento tinha a sua tela individual no braço:

DSCN1027Eu já estava plugando o meu celular na tomada quando o comissário alertou que a energia só seria ligada em voo (o que de fato ocorreu) e que não seria interessante deixar plugado antes disso pois poderia haver uma descarga grande que danificaria o aparelho.

Recebemos então a necessaire, que tinha os itens básicos:

DSCN1029E o fone de ouvido, que destoou numa cabine tão bem cuidada:

DSCN1030Tanto assim que um dos itens na necessaire eram protetores de algodão para colocar nos fones antes de usar (sinal que não são higienizados com frequência).

A decolagem iniciou as 23:41 e é sempre uma emoção ver aquele gigante descolando do chão empurrado pelas quatro turbinas. Vinte minutos depois já em altitude de cruzeiro foram distribuídas toalhas quentes e um refil de Champagne.

IMG_8019Outro ponto positivo é que todos os anúncios foram feitos em francês e português. E quando recebemos o cardápio percebi o mesmo cuidado: além das duas línguas havia ainda a tradução para o inglês. Ponto positivo. Por falar nele, olha ele aí:

IMG_8035IMG_8020IMG_8026IMG_8022O menu foi elaborado por Thibaut Ruggeri, vencedor do prêmio Bocuse d’Or de 2013 e contava com três opções de pratos principais: massa, cordeiro e o prato do chef (galinha d’angola). A entrada era igual para todos e já vinha com a sobremesa (bolo de chocolate) e a seleção de queijos (ponto negativo para o serviço a la bandejão):

IMG_8036A entrada em si consistia em foie gras de pato com figos,magret de pato, aspargos, chutney de figo e damasco, salada de vagens com cogumelos cèpe, cebola roxa e tomate seco. Aqui no close:

DSCN1032Como fã confesso de foie não podia estar mais contente com a entrada, sem deixar de mencionar o magret que estava muito bom. Para o principal fui na recomendação do chef (muito bom) e para acompanhar um Médoc Chatêau Haut Condissas 2006 tinto:

DSCN1036
DSCN1038Em homenagem à minha irmã (autora do blog comer comer) vamos à descrição completa do prato principal: galinha d’angola coberta por uma camada de frutas secas e nozes, com molho de cogumelos trombeta e castanha, complementados com pérolas de abóbora, batatas e cogumelos cèpe. E bom, viu?

Seguindo a ordem que imagino ser a correta parti para a sobremesa e depois os queijos. Para acompanhar esta etapa, pedi ao comissário um Cognac (Tesseron lot n. 90 XO Selection) no que ele perguntou se eu conhecia o Armagnac (outro tipo de vinho fortificado). Papo vem, papo vai e havia um terceiro digestivo, acho que era Chartreuse mas não anotei. Wine tasting nos céus?

DSCN1041Pedi também um expresso para quebrar um pouco tanto álcool:

DSCN1040No fim das contas gostei mais do Cognac. Ah, no meio de tudo isso eu terminei a sobremesa e os queijos:

DSCN1034 DSCN1035Já fui para o voo com expectativa alta (o que nem sempre é uma boa ideia) no quesito catering, já que estávamos saindo de Paris. Mesmo assim tanto no sabor como no serviço a Air France se superou e serviu um jantar acima da média. Trés bien.

A cabine já estava escura quando fui até o banheiro escovar os dentes:

IMG_8042Que era absolutamente igual ao que se encontra na econômica:

IMG_8045 IMG_8044 IMG_8046Havia este spray desinfetante para (imagino) limpar o assento (ou seria para limpar o fone de ouvido?):

IMG_8047A diferença que notei neste banheiro foram os amenities da Clarins:

IMG_8048Já foram do banheiro, na galley, alguns quitutes já estavam expostos para matar a fome no meio da madrugada:

IMG_8049Voltei para o meu assento e dormi como uma pedra. Fui acordado pelo comissário já anunciando o café da manhã, onde havia duas opções: omelete ou panquecas. Fiquei com a segunda:

IMG_8051Lá fora o dia já raiava, faltando poucos minutos para pousar no Galeão:

IMG_8052Pousamos às 06:28, 17 minutos antes do horário previsto.

IMG_8054Foi respeitada a prioridade no desembarque, o que é sempre bom para evitar filas no controle de passaporte e na alfândega (se você não perder tempo no free shop). Dei adeus à rainha dos céus (queen of the skies), como também é chamado o 747:

IMG_8055IMG_8056Infelizmente a bagagem não teve a preferência respeitada e o procedimento de retirada estava bem caótico, mas aqui eu não culpo a cia francesa, já que a responsabilidade é da Infraero.

Fazendo um balanço tirando um mínimo detalhe ou outro foi um voo impecável. Nada da marra francesa e sim muitos sorrisos, simpatia e bom atendimento. A comida e a bebida também foram acima da média, fazendo deste sem dúvidas o melhor voo que já fiz na classe executiva.

Se não tiver a oportunidade de voar novamente no Jumbo esta foi uma despedida à altura desta magnífica aeronave.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superior).

Trip Report: Ibéria e Air France Business Class – Air France Lounge (CDG)

O Charles de Gaule é um dos piores aeroportos do mundo e olha que nisso a gente é craque (calma, ainda conseguimos superar nossos colegas franceses). Então é sempre bom contar com um lounge para fugir um pouco daquele caos. A Air France tem vários espalhados nos diversos terminais que atua. Achei que ia conhecer um novo mas acabei com um velho conhecido, o espaço que fica no Terminal 2E. Este é o décimo quinto post deste trip report:

1. Introdução
2. Check-in Ibéria GRU
3. Admirals Club GRU
4. Sala vip Smiles GRU
5. Sala Mastercard Black GRU
6. Sala vip Proair GRU
7. Voo Ibéria 6824 – GRU/MAD
8. Sala Vip Velázquez MAD
9. Voo Ibéria 3160 – MAD-LHR
10. Galleries Arrivals Lounge LHR
11. Eurostar
12. Astoria 7 Hotel San Sebastián
13. Novotel Bordeaux Centre Meriadeck
14. Intercontinental Paris Le Grand

Cai na besteira de fazer o tax refund de um par de óculos que tinha comprado antes de embarcar. Se soubesse que ia perder quase duas horas para receber 20 dólares teria desistido na hora.

Primeiro você tem que carimbar sua nota fiscal na Receita francesa onde dois agentes ultra mal humorados pareciam ter o mórbido prazer de destratar todo mundo, sem exceção. E da-lhe fila. Depois você vai pra outra ponta do terminal para o estande do VAT Refund onde chineses enlouquecidos faziam fila. Olha, vi coisas do arco da velha. Por sorte tinha acesso ao wi-fi e arrumei um lugar pra sentar porque a espera foi gigante.

Receita Federal francesa
Receita Federal francesa
Vat Refund
Vat Refund

Terminado o suplício a coisa começou a andar. Voltei ao espaço onde ocorre o check in prioritário para pegar o acesso destino aos passageiros com Sky Priority:

IMG_7968 IMG_7974 IMG_7975 IMG_7977Em questão de minutos eu já estava na área interna, sem dúvida uma das grandes vantagens de voar na business ou ter status. Saindo do controle de passaportes é fácil avistar o lounge:

IMG_7979 IMG_7980

O lounge abre diariamente das 5:30 as 23:30 e atende não só aos passageiros da Air France e parceiros da SkyTeam mas também de outras aéreas como a JAL:

701

A sala é dividida em duas: à direita um amplo espaço onde ao fundo estão os banheiros:

705

No caminho eu passei por este espaço exclusivo para os passageiros de primeira classe da JAL:

711

Além de inusitado de exclusivo não tem nada já que as opções de comida e bebida são as mesmas do espaço principal.

Aproveitei para tomar um banho e colocar uma roupa limpa para viajar mais relaxado:

IMG_7981 IMG_7982

Para o banho você recebe este simpático kit de higiene pessoal, com produtos da L’Occitane:

IMG_7988 IMG_7987 IMG_7983 IMG_7985 IMG_7984 IMG_7986

Existe no lounge também um spa da Clarins com tratamentos expressos gratuitos, que infelizmente estava fechado naquele horário.

Banho tomado fui para o outro lado do lounge (à esquerda de quem entra). Olhem o que havia no buffet:

DSCN0996 DSCN1002 DSCN1001 DSCN1000 DSCN0999 DSCN0998 DSCN0997

Tava meio desfalcado, mesmo assim eu consegui fazer um prato bem razoável. A sopa de tomate está ótima:

IMG_7989

Além de sucos e refrigerantes há também vinho tinto, branco e Champagne:

IMG_7998 IMG_7997

IMG_7996

Achei boas as opções de vinhos tinto e branco, mas houve um considerável downgrade na Champagne desde a minha última visita. A Duval-Leroy não chega nem aos pés da Philipponnat que era oferecida antes:

719

Sentei para comer e observar o movimento:

IMG_7991 IMG_7992

Terminado o jantar eu subi até o mezanino para poder mostrar para vocês:
DSCN0982 DSCN0983 DSCN0984 DSCN0985 DSCN0986 DSCN0987 DSCN0988 DSCN0989 DSCN0990 DSCN0991 DSCN0992 DSCN0993

Terminado o tour já estava na hora de partir para o portão de embarque, mas ainda deu tempo de tirar esta foto das opções de jornais e revistas do lounge:

DSCN0995

O lounge é muito agradável mas deixa a desejar nas opções de comida (ainda assim superiores à maioria dos lounges em Guarulhos). O spa e os chuveiros são diferenciais positivos, assim como a grande oferta de bebidas. A viagem está acabando, no próximo post eu conto como foi o voo da Air France na classe executiva.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superior).

Air France apresenta sua nova primeira classe

Air France - nova primeira classe
Air France – nova primeira classe

A Air France apresentou hoje sua nova cabine de primeira classe (chamada La Premiere), que será encontrada futuramente em todos os seus 19 Boeing 777-300. Apenas 4 assentos estarão disponíveis (uma redução de 50% da atual oferta).

A cia alega que isto dá um clima de maior privacidade para os passageiros que agora terão para si três metros quadrados, mas a gente sabe que a redução na oferta é uma tendência (tirando as cias árabes).

Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe
Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe

A iluminação poderá ser escolhida por cada passageiro que além de diversos espaços para guardar seus pertences terá ainda um guarda-roupas exclusivo.

Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe

A mesa do assento mede 60X61cm, ideal para jantar ou trabalhar. Uma grande sacada foi que o passageiro pode sair do assento sem recolher totalmente a mesa, já que ela se move na horizontal.

Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe

Outro diferencial de outras suítes de primeira classe são as cortinas utilizadas pela cia francesa ao oposto do que seguem as cias do oriente médio que preferem portas. Isto permite ao passageiro escolher se querem ficar totalmente isolados ou somente em parte do voo. Particularmente eu achei muito melhor esta solução, por ser menos claustrofóbica.

Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe

Naturalmente que o assento reclina-se 180 graus, transformando-se em uma cama de 2,01m. Os encostos de braço são retráteis fornecendo ainda mais espaço: 77cm de largura.

Quando o passageiro decidir dormir a tripulação instalará um duvet (fornecido pela Sofitel) transformando o assento numa verdadeira cama de hotel.

Air France - Nova primeira classe
Air France – Nova primeira classe

Quando acordado o passageiro terá à sua disposição uma tela HD de 24 polegadas com 1.000 horas de programação on demand. Os fones de ouvido serão da Bose com noise cancelling. A necessaire será produzida pela Givenchy:

Air France - Novos amenities da primeira classe
Air France – Novos amenities da primeira classe
Air France - Nova necessaire da primeira classe
Air France – Nova necessaire da primeira classe

A apresentação da nova primeira classe marca o último passo da renovação completa que a Air France vem apresentando ao mundo. Antes já haviam sido apresentados os assentos da classe econômica e executiva, como eu falei aqui.

Não adianta de muita coisa o fato da primeira classe ser renovada para quem tem a esperança de voar nela um dia utilizando milhas. A Air France é parceira do Smiles no Brasil, mas nunca vi disponibilidade nesta classe partindo do Brasil. E acho pouco provável que a situação mude com a nova tabela, já que ela cobra o mesmo preço para executiva e primeira classe.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Código dá 10% de desconto na Air France

idcaf

A Air France está oferecendo um desconto de 10% para quem comprar passagens nas classes econômica e econômica premium no site da cia francesa até 17/04/2014. Viagem de ida e volta entre 18/07/2014 e 07/09/2014 (data limite do último voo de retorno).

A promoção é válida para saídas das seguintes cidades brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Rio de Janeiro ou São Paulo.

Os destinos válidos são os seguintes: Amsterdam, Barcelona, Berlim, Bordeaux, Lisboa, Londres, Lyon, Marselha, Milão, Montpellier, Nice, Paris, Toulouse ou Veneza.

Código de desconto para classe econômica: EUROPA829.

Código de desconto para classe econômica premium: EUROPA828.

Obs: o desconto não se aplica às taxas aeroportuárias e é limitado às primeiras 200 emissões.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).