Gol estuda ampliar parceria com KLM/Air France

delta-sky-deck-jfk-new-600

No belo terraço do Delta Sky Club de Nova Iorque o chefe de alianças da Gol, Ciro Camargo, concedeu entrevista ao Jornal Brasilturis onde confirmou que a Gol deseja estabelecer com a Air France/KLM a mesma integração que possui com a Delta.

Como tem bastante coisa interessante na conversa, resolvi transcrever aqui, mas se você quiser pode ler diretamente na fonte, clicando aqui.

A Delta adquiriu 3% da GOL e ampliou o code-share para uma estrutura mais ampla em Brasil e EUA. Podemos esperar lado semelhante com Air France/KLM que adquiriu 1,5% da empresa?

Ainda está em análise do Cade, para o desenvolvimento do sistema para Europa, mas temos interesse em criar uma parceria estratégica no mesmo nível de sofisticação que temos hoje com a Delta.

Qual é a expectativa para a operação europeia?

Muito boa. Se olharmos hoje em dia para as companhias aéreas, é muito raro um caso em que uma empresa consegue ser boa em tudo. Você tem a aviação regional, doméstica e internacional. Combinar esses três segmentos é algo muito complicado no transporte aéreo. E o que a GOL deseja? Ser muito boa com voos domésticos e pan-regionais por América do Sul, EUA e Caribe – e que não conflitam com as operações com nossos Boeings 737. Para o resto das operações, nosso maior desejo é que tudo seja feito com parceiros estratégicos. Nos EUA, temos a Delta. E agora, na Europa, após aprovação no Cade, quem pode cuidar desse corredor para nós é o grupo Air France/KLM.

No Caribe, como funciona o apoio da Delta na operação na Republica dominicana?

As vendas da GOL na República Dominicana são realizadas pela equipe comercial da Delta e com nosso code-share. Temos o primeiro voo para Punta cana, mas o que é muito importante na ajuda da Delta são com os voos de São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, que se encontram em Santo Domingo e, de lá, seguem para Orlando ou para Miami.

São então mais estratégicos para os destinos da Flórida?

Exatamente. Os nossos 737 não conseguem viajar diretamente para os EUA. Então precisam parar em algum ponto intermediário para um pouso técnico. Mas, nesse caso, Santo Domingo é também um destino interessante para ser vendido. E isso fazemos com a Delta, por ser um voo em code-share. Os americanos da Flórida podem comprar através dela o destino Santo Domingo que é então operado pela GOL. Eles compram a passagem pelo site da Delta, um voo com o número da companhia americana, mas que é operado pela GOL.

Como está a aceitação dos dois públicos – americano  e brasileiro?

Muito boa. Essa operação é muito importante para nosso cliente do programa de fidelidade. Tem uma demanda muito grande de nosso cartão Smile para resgate de milhas para esses voos. Além disso, há maior utilização da aeronave, diminuindo os custos. E a operação nosajuda a consolidar essa parceria com a Delta. Tendo um apoio da segunda maior empresa aérea dos EUA, temos grande visibilidade. E essa visibilidade é fundamental para a Gol.

Em que nível chega essa operação conjunta com a Delta?

Com essa troca de experiências com a Delta, trabalhamos pela harmonização das malhas porque conseguimos sincronizar melhor os voos e também podemos vender os voos da Delta como fossem da Gol; ou seja, entrando no nosso sistema, o passageiro verá voos para Atlanta da GOL, que são operados na realidade pela americana. Isso traz de novo uma visibilidade muito grande de nosso “footprint” internacional porque a Gol quer continuar especialista naquilo que sempre fez muito bem – operar o Boeing 737.

Qualquer coisa além disso, foge ao nosso interesse, como os voos maiores. O que interessa para a GOL nesses voos de longo curso é que eles possam ser feitos com apoio de um parceiro estratégico. E a questão dos voos mais longos, não é só a aeronave, mas também os serviços. A Delta tem um tipo de serviços de excelente padrão, com reconhecimento internacional, que é do gosto do brasileiro, que é o tipo de serviço que ela gostaria de oferecer se operasse o longo percurso por conta própria.

E no Brasil, onde se reflete essa parceria de sucesso?

Do Brasil para os EUA, a Delta usa os Boeing 767-300 e 767-400 – Rio, Brasília e São Paulo. Voavam antes com os 757 e mudaram para 767 porque aumentou o número de passageiros justamente por causa de nossa parceria, e especialmente em Brasília. Lá, há uma demanda muito grande é hoje o aeroporto com o segundo maior movimento do Brasil. E se lá as conexões são boas, conseguimos direcionar mais passageiros para os voos para os EUA. Nossos departamentos de planejamento estão trabalhando juntos para facilitar as conexões em Brasília e esse trabalho tem sido tão bom que recentemente a Delta mudou para o 767, que traz esse diferencial que é a poltrona-cama flat-bed – um produto recente e muito bem aceito. E quando fazemos o nosso trabalho comercial conjunto, há um apelo muito grande nas contas corporativas. Portanto, é uma combinação do serviço incomparável da Delta, da cobertura da GOL e dos programas de milhas. A harmonização dessas três frentes para o público corporativo tem um apelo muito grande.

A parceria é interessante para a Gol na medida que aumenta suas receitas em dólar, moeda onde estão boa parte de seus gastos (com leasing de aeronaves e combustível aeronáutico, por exemplo) e para a Air France/KLM que pode receber passageiros de todas as cidades atendidas pela Gol para encher seus voos internacionais.

Quer receber este e outros posts em primeira mão? Ser o primeiro a saber das dicas e promoções? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France e KLM mudam hoje para o TPS3 de Guarulhos

Terminal 3 - Guarulhos
Terminal 3 – Guarulhos

A partir de hoje a Air France e a KLM passam a operar no Terminal 3 de Guarulhos.

A cia francesa conta com dois voos diários partindo de São Paulo para Paris (AF-457 e AF-459). Já a holandesa conta apenas com um voo diário para Amsterdam (KL-792).

Todos os procedimentos de embarque e desembarque de ambas passam a ser realizados no setor G do TPS3, onde também funcionará o balcão de atendimento entre 12:30 e 18:15.

Os passageiros viajando na La Première (primeira classe), Executiva, com status Elite Plus no Skyteam e Gold e Platinum do Flying Blue serão recepcionados na sala vip business e first class administradas pela concessionária GRU Airport. Elas estão localizadas na área restrita, logo após o raio-x, no mezanino.

Passageiros que desembarcam em Guarulhos e tem conexão doméstica com a Gol poderão redespachar suas bagagens no próprio TPS3 antes de seguir para embarque no TPS2.

Leia o comunicado da Air France e da KLM clicando em cima do nome.

Com tantas cias migrando para o novo terminal é sempre bom conferir de onde parte o seu voo para não se complicar na hora. Você pode checar no próprio site da GRU Airport.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Novo app da KLM tem função para dar nota aos voos

New KLM app lets passengers rate their onboard experience

A KLM lançou uma nova versão de seu aplicativo para celulares e tablets. Até aí, nada de novo, certo? Errado: ele agora vem com uma função que permite você dar notas para o voo que acabou de fazer, o que é inédito.

O aplicativo estava em fase de testes nos voos para Toronto e agora vai ser uma função permanente para todas as rotas.

Acho muito benéfico poder de forma direta elogiar ou reclamar para cia que então tem como tomar as medidas cabíveis. Será que ia dar certo nos aplicativos das cias brasileiras?

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Air France tem bilhetes-prêmio com 50% de desconto em Agosto e Setembro

Ontem eu falei aqui do concurso que está rolando do Flying Blue, onde as fotos mais bonitas vão virar etiquetas de bagagem do programa e os seus autores ganhar prêmios. E hoje eu continuo falando sobre o programa, até como incentivo para que vocês olhem as opções que seus bancos e cartões de crédito disponibilizam. Existe vida além dos programas de fidelidade nacionais =)

Um dos melhores usos das milhas do Flying Blue (programa de fidelidade da Air France / KLM) está na reserva dos bilhetes “promo-awards” que eles publicam a cada dois meses, oferecendo descontos de 25-50% sobre os preços normais dos bilhetes prêmio.

Os descontos divulgados agora são para reservas até 31 de Junho e viagens entre 1o. e 30 de Setembro deste ano. E desta vez fomos contemplados com um trecho dentro da promoção (Brasília-Paris):

AF-BSB-CDG

São valores excelentes e há bastante disponibilidade. Vejam a procura por assentos na econômica no trecho Brasília-Paris (trechos em verde estão com valor promocional):

Ida-eco

Notem que apesar da promoção ser limitada ao mês de Setembro, há disponibilidade também em Agosto, então é bom procurar em outras datas. Há disponibilidade em todas quartas e quase todas as sextas (exceto 26/09).

Agora vamos ver como está a volta?

Volta-eco

Um pouco mais limitada, com disponibilidade nos dias 17, 22, 24, 26 e 29 de Setembro.

A disponibilidade é bastante boa na Premium Economy, tanto na ida:

Ida-prem-eco

Como na volta:

Volta-prem_eco

Por fim também há assentos na Business na ida:

Ida-biz

E na volta:

Volta-biz

Vale lembrar que a Tam cobra por trecho Brasil-Europa 40.000, 55.000 e 100.000 milhas para Econômica, Econômica Premium e Executiva respectivamente.

Já o Smiles cobra até 30 de Julho (quando muda de tabela) 35.000 e 52.500 milhas para os bilhetes na econômica e executiva respectivamente e passará a cobrar 85.000 milhas o trecho da executiva (a econômica permanece com o preço atual).

Comparando vemos que os valores promocionais da Air France são bem menores: 20.000, 40.000 e 50.000 milhas para Econômica, Econômica Premium e Executiva respectivamente. Ainda que restrita ao final de Agosto e mês de Setembro é uma ótima promoção.

Existem ainda outros trechos dentro da promoção que você pode ver aqui.

No Brasil, que eu saiba, só os cartões American Express transferem pontos para o Flying Blue na proporção 1=1.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Flying Blue lança concurso para dar status Platinum e 200.000 milhas

O Flying Blue, programa de fidelidade da Air France e KLM, acaba de lançar um concurso chamado  “Flying View” que vai premiar os três vencedores com o status Platinum no programa válido por ano e 200.000 milhas.

Você pode participar até 9 de Julho de duas formas: postando uma foto interessante no Instagram com a #flyingview ou postando a foto direto no site da promoção.

As três melhores fotos serão escolhidas por um juri profissional e serão usadas pelo Flying Blue nas  milhares de etiquetas de bagagem que o programa distribui ao longo de um ano.

Os participantes devem ser maiores de 18 anos e assegurar que a foto enviada é de sua autoria e propriedade.

Quer participar? O site da promoção é esse aqui.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

KLM lança concurso que premia o vencedor com duas passagens ao redor do mundo

A KLM lançou um concurso que vai premiar o vencedor com duas passagens de volta ao mundo. Para concorrer basta fazer um vídeo cityselfie. A neologia quer dizer um vídeo filmado pelo participante em 360 graus mostrando lugar favorito da sua cidade.

Como você pode ver, a neologia quer dizer um vídeo filmado pelo participante em 360 graus mostrando seu lugar favorito em sua cidade. Já tem vários vídeos no hotsite da promoção pra você poder se inspirar e para fazer o seu. Só lembra de enviar até dia 09/06/2014 quando encerra a promoção. Aí é torcer para ser o escolhido no dia 11/06/2014.

Gostou? Quer ser o primeiro a receber novos posts? Assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

KLM lança novos assentos da classe executiva com campanha de marketing inovadora

A KLM teve uma sacada de marketing genial para divulgar os seus novos assentos full-flat da classe executiva.

Na área de espera do Aeroporto de Schiphol (Amsterdan) eles instalaram assentos que reclinam da mesma forma que as novas poltronas de seus aviões e filmaram as reações das pessoas quando o assento reclinava automaticamente.

A primeira pessoa que ficasse no assento até a reclinação total ganharia dois bilhetes para viajar para qualquer destino operado pela empresa holandesa, voando, é claro, na nova classe executiva.

Melhor que explicar é ver o vídeo (em inglês):

Mas não é só isso. As reações mais engraçadas foram compiladas para uma outra promoção. Nela você tem que adivinhar se a pessoa vai ou não aguardar sentada a total reclinação. O prêmio? Outros dois bilhetes na classe executiva? Quer jogar, clica aqui.

O que eu achei genial foi que eles tornaram algo ordinário (hoje em dia os assentos full-flat são a norma do mercado) em algo especial. Ah, os novos assentos tem 2,07m de cumprimento, com telas de 17 polegadas e muito espaço para armazenar seus pertences.

KLM New Wolrd Business ClassKLM WBCKLM WBC3

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superior).