Qantas Australia revela sua nova identidade visual e mais notícias do dia

Continuando com o novo formato mas evoluindo sempre, tava chato receber sempre o mesmo título todo dia, alterando apenas o dia, né? Agora o título vai conter o assunto mais importante e hoje não poderia ser outro: a nova identidade visual da Qantas foi revelada, confira como ficou no post de hoje, além de outras notícias sobre aviação, hotelaria, viagens, pontos e milhas.

Qantas revela sua nova identidade visual

cvwwmh3w8aaslr3Embora atualmente não esteja presente no Brasil, a Qantas oferece a maneira mais curta para se chegar à Austrália (via Santiago). E a partir de hoje a cia australiana está de cara nova. Trata-se de uma reformulação completa da marca, não só da pintura e da logomarca, mas também do interior dos aviões. Algo bem raro de acontecer em cias aéreas, ainda mais do porte da Qantas, em razão do custo envolvido.

cvv5us_wcaaqlmcViram que bacana o detalhe do Canguru no winglet? Segundo a cia isso foi pensando na era das redes sociais, onde o canguru irá sair em diversas fotos que os passageiros tiram quando estam voando.

O site The Designer Air fez uma análise incrível sobre as mudanças que vale a pena conferir. Uma das críticas foi a ausência das mãos do canguru (eu confesso que só notei depois de ler isso).

Junto com a mudança externa, a Qantas aproveitou a ocasião para apresentar seu novo Boeing 787-900 que vem com os novos interiores. Sobre a nova cabine indico o post do Point me to Plane. Olhem como ficou:

Nestra outra imagem você pode conferir a evolução da pintura:

line-up-1200x841

Para celebrar a chegada do 787 a Qantas lançou um hotsite, confira clicando aqui e veja mais sobre as mudanças.

787 completa cinco anos de operações

cvwscrsweaaqsap

Falando em 787, ele completa hoje cinco anos de operações. Em 26 de outubro de 2011 a cia japonesa ANA fez seu primeiro voo com a aeronave. Apesar de ter tido um começo turbulento (lembram dos problemas com pequenos incêndios na parte elétrica?), ele tomou prumo e hoje é uma das aeronaves mais vendidas. A própria ANA segue apostando nele, já que vai receber a 50a aeronave este ano (maior frota do mundo). Saiba mais sobre este fascinante avião no post do Routes Online.

Por hoje é só pessoal, um dia voltado para o Boeing 787 e a Qantas!

Gostou do post? Assine o blog: no computador e no Ipad é no canto superior direito e no Iphone no rodapé. Basta inserir o seu e-mail.

Nova classe executiva da Qantas para os Airbus A-330

Up close: Qantas' new Airbus A330 business class 'suites'

A corrida das principais cias aéreas do mundo para oferecer o melhor produto na classe executiva anda acirrada. Isto porque o mercado entende que conquistar os clientes corporativos é peça chave para o sucesso ou fracasso de qualquer empresa aérea.

O assento será do tipo fully-flat (reclinação de 180 graus). Para comparar, olhem como era:

E como vai ficar:

Outro grande diferencial é que segundo a cia australiana os novos assentos poderão permanecer reclinados durante os pousos e decolagens, maximizando as horas de sono (acho que no Brasil isto não seria possível, devido à nossa legislação).

O espaço pessoal parece ser excelente, olhem as imagens:

O entretenimento a bordo também merece destaque: cada assento terá uma tela de 16″ individual:

Também serão oferecidos fones de ouvido com noise-cancelling:

Todos os assentos irão contar com tomadas e portas USB (inclusive na classe econômica).
A previsão é que a novidade comece a chegar no final do ano, quando começam a passar pelo retrofit todos os 30 Airbus A-330 da cia australiana.

Esses aviões fazem as rotas internas entre Sidney, Melbourne, Brisbane e Perth e também as internacionais para Cingapura, Hong Kong, Xangai, Bankok, Jacarta e Manila.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).

Qantas anuncia mudanças no programa de fidelidade

Quando eu postei aqui sobre as  mudanças no Skymiles do Delta, que vai tornar o programa em revenue based (o acúmulo de milhas depende do gasto com as passagens) alertei que “(…) a mudança em uma cia deste porte pode indicar uma tendência para as demais que seria um desastre para todos nós. É aguardar pra ver”.

Pois é exatamente o que está acontecendo: a australiana Qantas acaba de anunciar que a partir de 1o. de Julho efetuará mudanças em seu programa para torná-lo revenue based.

Num comunicado confuso (já que ninguém gostar de dizer que más notícias são más notícias) ela informa basicamente que o número de milhas que você vai acumular dependerá da tarifa que você pagar.

A única notícia boa é que, por enquanto, não haverá alteração na tabela de milhas da Qantas.

Vou repetir: o problema não são as mudanças no programa da Qantas, já que ele é muito pouco difundido por aqui, mas sim que o precedente que ele estabelece indica uma tendência de mercado que é péssima para todos nós. Podem apostar que mais cias aéreas vão seguir a Delta e a Qantas.

Se você não quiser perder nenhum post, assine o blog via e-mail (ali no canto esquerdo ou direito superiores).